Dança do Universo

Dança do Universo

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Um dos planetas de Andrómeda...


"...Comecei por sentir um amor muito grande, e um calor enorme, parecia que o coração não cabia no peito de tanta emoção....esse calor ia aumentando e a emoção crescendo, crescendo e eu era tudo e não era nada....eu era o  Universo, era tudo o que a minha visão alcançava…. ...Estava no meio do Universo, rodopiava e voava em  corpo de luz mas não via os pés, no lugar dos pés tinha um fio…. que me prendia à terra?....era tudo paz e com muitas estrelas, a dimensão era grandeeeeee...e o amor crescia dentro do meu peito...nisto, abriu-se um portal no meio do Universo e de lá saia uma luz azulada...espreitei e fiquei maravilhada....uma paisagem a perder de vista...a atmosfera era quente e acho que em tons púrpura...à esquerda parecia uma montanha ou uma rocha bem grande, à volta várias plantas vermelhas, de um vermelho vivo e também azuis, muito azul forte, lembravam folhas de alface bem abertas...notei que  tanto as plantas como a atmosfera não eram terrestres e lembro-me de pensar: "parece que estou a passear dentro das minhas telas"  sentia o sussurro dessa atmosfera envolvente, e o ar era doce...uma borboleta gigante poisou à minha frente, vermelha e preta...depois uma lagarta tb. era enorme, passeava por entre as folhas e a água...ao pensar na água, vi a água prateada...como quando estamos à beira de um lago e o luar se reflecte nas águas calmas....tudo era paz e harmonia....olhei para trás e vi o portal por onde eu tinha entrado...acima de mim, da abertura, saiam como que raios de energia transparentes,  em espiral...quando o atravessei, reparei que se fechou depois da minha passagem como se nunca lá tivesse existido....seria este um dos vários planetas de Andrómeda? Comecei a meditação a pensar em Andrómeda....
Foi uma sensação divinal! Na montanha abracei o meu guia e agradeci por mais uma experiência maravilhosa que o Universo comigo quis partilhar…reparei que estava mais crescido...anteriormente aparecia ainda criança, agora era um adolescente....hum...pensei, será que tem a ver com o meu crescimento interior?
O que é que ele me quis mostrar?
Ainda antes de terminar, projectei-me para lá outra vez pois veio-me a mensagem que tinha de pintar esta paisagem!"

1 comentário:

  1. HAYON, o planeta-portal para a TERRA, seu guardião de ANDRÔMEDA, onde tudo se mescla, tudo se define e se altera, onde tudo que é imaginário e surreal é perfeitamente possível,onde a total consciência e iluminação se faz permanente. HAYON é o futuro longínquo do planeta TERRA. HAYON é o equilíbrio e criatividade em sua forma suprema.

    ResponderEliminar